Sobre mim

Func. P. Federal Aposentado. MPF
Sua biografia

Verificações

Fulgencio Ribeiro, Advogado
Fulgencio Ribeiro

Autor (Desde Jun 2017)

Comentários

(111)
Fulgencio Ribeiro, Advogado
Fulgencio Ribeiro
Comentário · há 2 meses
Ele tem razão, você não tem direito sobre os bens deixados pelo seu avô enquanto o seu pai for vivo. A lei estabelece uma ordem de prioridade entre os herdeiros, atendendo a proximidade destes com o autor da herança (falecido). É o que se chama de “vocação hereditária”.

O
Código Civil, em seu artigo 1.829, tratou de dividir os herdeiros em classes, sendo convocados primeiros os parentes mais próximos, excluindo-se os mais afastados.

Ou seja, na linha descendente, os filhos preferem aos netos. Somente na hipótese de uma classe estar vazia é que são chamados os integrantes da classe subsequente.

A única exceção de tal lógica se dá quando o autor da herança deixa filhos vivos e pré-mortos (já falecidos ao tempo do falecimento do autor da herança). Neste caso, os netos participariam da sucessão do avô em representação do pai, como se este estivesse vivo.

Em resumo, você somente participaria da sucessão do seu avô se o seu pai já estivesse morto. E, quando ocorrer o falecimento do seu pai, você participará normalmente de sua sucessão.

Perfis que segue

(42)
Carregando

Seguidores

(103)
Carregando

Tópicos de interesse

(44)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Fulgencio Ribeiro

Entrar em contato